Bem-vindo ao que há de melhor no universo das celebrações simples, autênticas e originais. Lembre-se: dizer sim é só o começo e casamento é tudo de bom.

Dedicamos o post de hoje para as noivas que estão em um dos maiores dilemas do casamento: devo padronizar o vestido das madrinhas?

Muitas noivas sonham em ver uma linda paleta de cores no altar e nas fotos. Em contrapartida, existe o medo das madrinhas não se sentirem à vontade com a cor ou modelo escolhido.

Esse assunto pode causar divergência, então vamos direto ao ponto!

Para começar, listaremos 4 maneiras de padronizar o vestido das madrinhas sem dores de cabeça, assim a visão do que querem ou não para o casamento ficará mais clara.

Vem comigo!

Escolhendo as cores

Muitas noivas optam por escolher a cor do vestido, deixando para as madrinhas a definição do tom.

Uma dica legal para quem vai escolher a cor é providenciar amostras de tecidos em vários tons (tenha mais tonalidades do que madrinhas) e marcar um encontro para que elas definam qual será o ideal.

Fique com metade do tecido e escreva o nome da madrinha que o escolheu, assim você conseguirá manter um controle caso ocorra alguma troca.

Escolhendo as cores e o tom

Nesse caso a noiva vai escolher a cor e o tom do vestido.

A melhor forma de fazer isso é pesquisar em lojas de tecidos ou até mesmo conversar com seu estilista para fazer a melhor escolha.

Depois, providencie uma amostra do tecido e indique as lojas em que elas o encontrarão.

Dica importante: certifique-se de que a loja terá estoque suficiente de pano para o feitio do vestido de todas as madrinhas.

Escolhendo o modelo

A noiva define com suas madrinhas apenas o modelo do vestido e elas escolhem as cores, podendo combinar para que não seja repetido.

Vale destacar que essa não é uma missão tão simples, afinal, cada mulher tem um biotipo e o que cai bem em uma pode não favorecer a outra.

Se fizer questão de padronizar, foque em um modelo simples, que fique bem em qualquer tipo de corpo.

Escolhendo as cores e o modelo

Noiva no comando geral!

É uma situação delicada, que requer muita conversa e compreensão.

Prós e contras

E agora, ajudou ou surgiram mais dúvidas?

Explicadas as maneiras de padronizar as madrinhas, vamos para a parte que mais interessa: quais os prós e os contras?

Os prós de padronizar as madrinhas ficam bem claros, voltamos ao ponto de uma linda paleta de cores no altar, tornando tudo harmônico!

Vamos agora para a parte chatinha.

Muitas noivas já devem ter visto olhos se virando quando comentaram que gostariam de padronizar o vestido das madrinhas.

Começando pela coloração do vestido, todos nós temos cores que preferimos e aquelas que não ficam muito legais. Ao escolher uma cor, você pode agradar meia dúzia de madrinhas e o restante pode ficar descontente.

Já quando falamos em padronização do modelo, o assunto é mais delicado e requer mais cuidado.

O maior dilema na escolha de vestidos iguais, como dito acima, é que nem todos os modelos caem bem em qualquer corpo. Cada madrinha possui um biotipo e um modelo único pode não agradar todas.Em resumo, o maior contra ao escolher o vestido das madrinhas não é a dificuldade em encontrar modelos ou cores, e sim o desafio de agradar vários corpos, perfis e gostos distintos. A noiva não quer abrir mão de uma escolha, mas também fica insegura com a desaprovação das madrinhas.

Pois bem, vamos para a dica mais importante e que realmente deve ser levada ao pé da letra: esteja confiante com sua escolha e seja delicada e cuidadosa ao passar para as madrinhas o que você deseja.

Antes de tudo, elas precisam entender que o casamento é um dos dias mais importantes de sua vida e que para você, esses pequenos detalhes são importantes.

Além disso, você precisa ser honesta e fazer com que elas entendam que vale muito mais todas estarem juntas, independente de uma escolha de vestido!

Esteja aberta para sugestões e assuma uma postura justa, para que todas fiquem felizes e satisfeitas. Lembre-se: as madrinhas também terão que investir financeiramente, então ter empatia e entender o lado delas é essencial.

Não deixe que isso se torne uma dor de cabeça, porque existem muito mais motivos para comemorar!

 

Quem gostou espalha amor
0 comentários

Escrito por Maria Luísa

Estudante de jornalismo, dona de uma mente curiosa e inquieta. Conhecendo as coisas mais legais do mundo e transbordando amor em forma de palavras.
Quem acha que a segunda-feira é um dia chato com certeza não acompanhou o evento que realizamos no último dia 13, um encontro delicioso com foco em Chá de Cozinha e preparativos finais para o casamento. Com o Celeiro Quintal como cenário, eu e um...
Nada é por acaso. Essa pequena frase pode ter um significado e tanto! Não é por acaso que pessoas ímpares tornam-se um par. Não é por acaso que esbarramos na pessoa certa e através dela conhecemos outras tantas pessoas, gente que se conecta perfeitamente ao...
Cristianne e Angelo optaram por um lindo casamento em Ilhabela e fico muito feliz em mostrá-lo por aqui, afinal, é um enlace apaixonante, cheio de detalhes pensados com carinho pelo casal. Desde o início a ideia era promover um fim de semana inesquecível para os...
Está começando os preparativos do casamento e ainda não definiu em qual horário quer casar? Que tal apostar em um casamento matutino? É comum que as pessoas escolham o período da tarde ou noite, mas casar de manhã tem seu charme! Se você adora aproveitar...
Pri e Camys formam um casal doce e muito especial. Parecem feitas uma para a outra, o que torna o casamento no Espaço Quintal ainda mais gostoso de ver. O Espaço Quintal, rústico e acolhedor, ficou perfeito com o toque pessoal das meninas, que espalharam...
Cerimônia com pôr do sol de babar e um elopement wedding dos sonhos. Foi assim que a atriz Sthefany Brito trocou alianças com o empresário Igor Raschkovsky. A organização do casamento levou cerca de um mês e o evento contou com um cenário digno de...